05 de julho de 2017

Movimento Traços Urbanos faz balanço das atividades em encontro festivo com a comunidade na próxima terça-feira


Recordar e projetar é o tema do encontro festivo que será realizado pelo Movimento Traços Urbanos na próxima terça-feira, dia 11 de julho, a partir das 19h, no pátio do estacionamento do Museu da Escola Catarinense, no centro de Florianópolis. Entre barraquinhas de pipoca, quentão, pinhão, cervejas e cachorro-quente, os grupos de trabalho do Movimento apresentarão as ações já realizadas e também sobre o que vem sendo planejado pela requalificação dos espaços públicos de Florianópolis.  
"Nossa intenção é fazer um balanço das ações e buscar o engajamento dos próprios membros do Movimento e de outras pessoas da comunidade para participarem das atividades propostas", explica o arquiteto Giovani Bonetti, um dos idealizadores do Movimento Traços Urbanos. O evento é aberto ao público e as inscrições devem ser feitas pelo http://www.movimentotracosurbanos.com/agenda.php 

SOBRE O MOVIMENTO
Planejar e executar ações que contribuam para a requalificação dos espaços públicos e de uso coletivo de Florianópolis. Essa é a meta do movimento Traços Urbanos, formado por um grupo transdisciplinar com pessoas de diferentes competências e áreas de atuação. Em comum, elas compartilham o interesse de transformar a cultura urbana a partir da revitalização de diversas regiões da cidade, de forma voluntária. Iniciado em agosto de 2016, idealizado pelos arquitetos e urbanistas Giovani Bonetti e Silvia Lenzi, a partir de uma conversa informal entre amigos, o movimento foi sendo ampliado e hoje reúne 170 pessoas, entre arquitetos, engenheiros, designers, jornalistas, artistas plásticos, guias de turismo, fotógrafos e educadores, atuantes nos setores privados e públicos. 

O Movimento foi lançado oficialmente em novembro de 2016, com a realização do evento Nossa Rua, que integrou manifestações artísticas, exposições, exibição de filmes e debates sobre intervenções urbanas em espaços públicos e uma oficina de cocriação de projetos de pocketplaces em parceria com o projeto Centro Sapiens para a região do Distrito Criativo.

De lá para cá, realizou diversas outras ações, como seminário sobre cidade limpa, oficina de arquitetura para crianças, mutirão de limpeza e, mais recentemente, participa do projeto social de revitalização dos espaços públicos da comunidade Monte Serrat, em Florianópois. 

Os membros mantêm contato permanente pelas redes sociais e aplicativos de conversas e reúnem-se periodicamente na sede do Museu da Escola Catarinense (MESC), no coração da área que chamam de Distrito Criativo, ao leste da Praça XV de Novembro. Essa é a região-alvo das primeiras ações desenvolvidas pelo Movimento Traços Urbanos. 



Acompanhe

www.movimentotracosurbanos.com
www.facebook.com/movimentotracosurbanos
www.instagram.com/movimentotracosurbanos

VAMOS JUNTOS?

Seja voluntário do movimento

Se você quer participar do Movimento Traços Urbanos, venha e faça parte. Juntos somos mais fortes e podemos colaborar para melhorar os espaços públicos da nossa cidade.

VEM COM A GENTE