22 de setembro de 2017

Movimento Traços Urbanos anuncia escola vencedora do Prêmio Intervenção Urbana


A escola Básica Municipal Antônio Paschoal Apostolo, no bairro Rio Vermelho, no norte da Ilha de Santa Catarina, foi a vencedora do prêmio Intervenção Urbana, realizado em parceria entre a Guarda Municipal de Florianópolis e o Movimento Traços Urbanos, grupo de voluntários multidisciplinares que atuam de forma coletiva para a qualificação dos espaços públicos da capital catarinense. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 20.09, durante a solenidade de premiação do XII Concurso de Desenho e Redação, promovido pela Guarda Municipal sob o tema ‘Floripa Inteligente’. A escola foi escolhida por ter sido a mais engajada, a que mais participou do concurso durante todas as edições do concurso.

“O Prêmio Intervenção Urbana, executado pelo Movimento, abrange a requalificação de uma área pública no entorno da escola premiada a partir do levantamento das necessidades e interesses da comunidade envolvida. Como contrapartida, espera-se que a escola premiada comprometa-se a atuar no engajamento de pais, alunos e professores da instituição, para, juntos, realizarmos as ações pela requalificação do espaço”, explica o arquiteto Giovani Bonetti, um dos idealizadores do Movimento Traços Urbanos.

O levantamento das necessidades e demandas será realizado durante uma oficina que será desenvolvida em parceria com o Via Estação do Conhecimento, grupo de pesquisa do Departamento de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O projeto será concluído até o final do primeiro semestre de 2018.

Sobre o concurso

Em torno de sete mil alunos do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental, de 26 escolas da rede pública de ensino de Florianópolis, foram envolvidos no XII Concurso de Desenho e Redação. A missão era desenvolver trabalhos que apresentassem ‘soluções para a cidade se tornar mais inteligente’, englobando questões como meio ambiente, mobilidade e qualidade de vida. De acordo com a secretária de segurança pública e comandante da Guarda Municipal, Maryanne Mattos, o tema esteve voltado à preocupação com o futuro urbano e social e o desejo de transformação com maior participação dos cidadãos. “Além de ser inovador e tecnológico, traz responsabilidade para a pessoa pensar como contribuir para melhorar a sociedade e ter o sentimento de coletividade”, acrescenta.

A iniciativa envolveu a capacitação de quase 200 professores da rede municipal, em uma parceria inovadora entre o setor de educação da Guarda Municipal e a Via Estação do Conhecimento, sob a coordenação da profa. Dra. Clarissa Stefani Teixeira. A oficina de capacitação foi realizada entre os dias 16 e 18 de maio, ministrada pela especialista do grupo em Cidades Inteligentes, Ágatha Depiné. "Cidades inteligentes são aquelas que utilizam a tecnologia para realizar sua melhor visão de futuro nas dimensões: economia, pessoas, governança, mobilidade, meio ambiente e qualidade de vida, as quais são igualmente essenciais e têm como bom resultado conjunto o reforço da concepção de cidadão como o centro do ecossistema urbano. Dentre essas dimensões, três são principalmente alicerçadas nos cidadãos e se traduzem como: participação pública (governança), capital humano (pessoas inteligentes) e estilo de vida (qualidade de vida). Ou seja, as pessoas – e não a tecnologia – são as verdadeiras protagonistas da inteligência urbana", explica Ágatha.

Materiais de apoio e jogos educativos foram criados especialmente para a ação. “O legado dessa ação é a mudança de percepção das crianças sobre o seu potencial de mudança do entorno, da comunidade e da sociedade como um todo. Com isso, teremos cidadãos mais responsáveis, engajados e socialmente ativos no futuro. O primeiro passo é educar as crianças sobre o que é ser cidadão e qual o seu papel na transformação da sociedade”, avalia Clarissa.

Os estudantes que apresentaram os três melhores trabalhos nas categorias Redação e Desenho receberam prêmios de parceiros da iniciativa privada, como notebooks, tablets, celulares, kits escolares e bicicletas, e terão seus trabalhos entregues pessoalmente ao prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro. Foi entregue, ainda, o Prêmio Superação para o aluno que mais se destacou em sala de aula na realização do projeto.
 

Confira a relação dos vencedores:

1°s colocados: 

1º Ano: Gustavo José da Silva - EBM Adotiva Liberato Valentim
2° Ano: João Antônio Silveira - EBM Brigadeiro Eduardo Gomes
3° Ano: André Felipe Pereira de Souza - EBM Vitor Miguel de Souza
4° Ano: John Weslley Imperator - EBM Virgílio dos Reis Várzea
5° Ano: Anael Alexander Simas Ferreira - EBM Virgílio dos Reis Várzea

 

2ºs colocados:                               

1º Ano: Valentina Domingos Gomes - EBM Antônio Paschoal Apóstolo
2° Ano: Manuela de Oliveira Andrezzo  - EBM Brigadeiro Eduardo Gomes
3° Ano: Mateus Gabriel Alves Paralon Bráz - EBM Adotiva Liberato Valentim
4° Ano: Júlia Duarte Francisco - EBM Virgílio dos Reis Várzea
5° Ano: Angélica da Gama Bornelli - EBM Almirante Carvalhal

 

3ºs colocados:

1° Ano: Ian Amaral Silva - EBM Antônio Paschoal Apóstolo
2º Ano: Sarah Matias - EBM Almirante Carvalhal
3° Ano: Kauê Lopes da Rocha - EBM Vitor Miguel de Souza
4° Ano: Nicole Maria Back - EBM Mâncio Costa
5° Ano: Thainá da Silva Vieira - EBM Virgílio dos Reis Várzea

 

Prêmio Superação:

Adriano José Hackbarth da Silva - EBM Mâncio Costa

 

Prêmio Intervenção:

Escola Básica Municipal Antônio Paschoal Apóstolo
 

CONFIRA O ÁLBUM DE FOTOS
https://www.facebook.com/pg/movimentotracosurbanos/photos/?tab=album&album_id=1096863320448994



Acompanhe

www.movimentotracosurbanos.com
www.facebook.com/movimentotracosurbanos
www.instagram.com/movimentotracosurbanos

VAMOS JUNTOS?

Seja voluntário do movimento

Se você quer participar do Movimento Traços Urbanos, venha e faça parte. Juntos somos mais fortes e podemos colaborar para melhorar os espaços públicos da nossa cidade.

VEM COM A GENTE